_gaq.push(['_trackPageview']); (function() { var ga = document.createElement('script'); ga.type = 'text/javascript'; ga.async = true; ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://ssl' : 'http://www') + '.google-analytics.com/ga.js'; var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(ga, s); })();

AVALIAÇÃO: Fábula ” A Leiteira e o Balde de Leite

A LEITEIRA E O BALDE DE LEITE

Joana, carregando na cabeça um balde de leite, dirigia-se rapidamente para a aldeia. A fim de andar mais depressa, tinha posto uma roupinha ligeira e sapatos bem cômodos.

Ia leve como o vento. Em seu pensamento, já estava vendendo o leite e
empregando o dinheiro.
– Compro cem ovos e ponho a chocar. Posso muito bem criar pintos ao redor da casa. Quando crescerem, vendo todos e tenho um bom lucro. Com esse dinheiro, compro um leitãozinho. Em pouco tempo, terei um porco bem gordo, pois só comprarei se o leitão já for gordinho. Cobro um bom preço pelo porco e compro uma vaca. Terá que vir acompanhada de seu bezerrinho. Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal.
Joana entusiasmada, saltou também. O balde caiu da sua cabeça, e o leite
derramou-se no chão. Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!
A pobre Joana voltou para casa, com medo que o marido brigasse com ela.
– É fácil fazer castelos no ar, pensava. Nada mais gostoso. Na minha imaginação posso virar rainha, usar uma coroa de diamantes e ter súditos que me adorem. Nada disso dura muito: uma coisa à-toa acontece, e volto a ser Joana Leiteira.

Fábulas de Esopo. Trad. ALMEIDA, Fernanda Lopes de. 7. ed. Rio de Janeiro: Ática, 2003).

MARQUE UM X NA RESPOSTA CORRETA:

01. Em “Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal”, o termo sublinhado refere-se ao

(A) bezerro.
(B) porco.
(C) pinto.
(D) leitão.

02. Em “ – Compro cem ovos e ponho para chocar”, o travessão indica
(A) o fim da expressão do pensamento de Joana.
(B) o início da expressão do pensamento da leiteira.
(C) a continuidade do pensamento da mulher.
(D) a interrupção do pensamento da personagem.

03. Os sonhos de Joana se desfazem quando,
(A) ao planejar a venda do leite, ela apressou muito o passo.
(B) ao voltar para casa, o marido brigou muito com ela.
(C) ao saltar, ela deixa o balde cair e derrama todo o leite no chão.
(D) ao carregar o balde de leite, ela se deu conta do trabalho que teria.


04. Ao planejar o seu futuro, a imaginação de Joana é marcada
(A) pela ousadia.
(B) pelo pessimismo.
(C) pela timidez.
(D) pelo otimismo.

05. Em “Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!”, a pontuação que encerra essa frase indica uma
(A) triste constatação.
(B) extrema satisfação.
(C) reflexão duvidosa.
(D) lembrança desagradável.

06. Para Joana, “fazer castelos no ar…” significa o mesmo que fazer
(A) planos com base concreta.
(B) projetos sem base na realidade.
(C) suposições com dados comprováveis.
(D) propostas sem dados comprováveis.

 

Leave a Reply

Categories
Links: